Dos homens ignoras A índole errante? Quem é muito amado Não é muito amante.
Manuel Maria Barbosa du Bocage


  • Frases de Manuel Maria Barbosa du Bocage